Buscar
  • Flavia Vivacqua

O que é possível constelar?

Atualizado: Fev 14

A princípio tudo é passível de ser constelado. Porém, o importante é descobrir o que realmente precisa ser constelado.




É muito comum que filhos com problemas com os pais desejem “constelar o pai”. Nesses casos, explico que não é possível constelar o outro, nesse caso o pai, porque cada um ocupa seu papel, portanto, o filho não pode constelar o pai. Cada um de nós pode constelar a sua relação com seu pai, o que é bem diferente. Afinal, você vai olhar para você nessa relação e harmonizar o seu sistema a partir daquilo que você como filho deste pai pode compreender e transformar.


A Constelação é uma prática que transforma o indivíduo em relação às suas questões mais profundas na medida em que ele se coloca no processo como agente dessa mudança. Qualquer questão que afete as relações e a realização plena do indivíduo pode ser constelada a partir da perspectiva de cada um. No fundo cada um sabe exatamente aquilo que precisa ser constelado.


Vale lembrar que quanto mais focada for a questão ou tema, mais efetiva a constelação será. A pista para encontrar sua colocação para uma constelação está em entender qual é a situação ou assunto prioritário a ser cuidado por você e que você gostaria de ter um melhor entendimento e ação consciente. Um bom exercício é se perguntar antes de procurar o constelador: “Hoje, com que ponto eu não estou conseguindo lidar, mas que se for resolvido gerará fluxo em mais de uma área na minha vida?”. Respondida essa pergunta, é possível buscar ajuda para cuidar da questão através da Constelação Sistêmica.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo