Constelações Sistêmicas

A constelação está classificada como técnica terapêutica integrativa, breve e focada.

A constelação está a serviço da pessoa para compreender de forma essencial

e profunda um tema, situação, questão ou padrão, apresentado e que

será trabalhado à luz da fenomenologia sistêmica.

O processo que desenvolvi como terapeuta inclui:  uma entrevista de 2 horas, a sessão de Constelação propriamente dita e conversa retorno de 30 minutos. 

 

A entrevista tem o objetivo de compreender a essência do que vai ser constelado, fazer um mapa genograma familiar com o que é sabido pela pessoa, decidir os elementos que vão iniciar a constelação e a técnica que será usada.

 

A sessão de Constelação é marcada com antecedência e pode acontecer de forma individual ou em grupo. A sessão individual conta com a pessoa constelada e o terapeuta com ancoras (bonecos, tapetes de feltro e outros recursos de apoio). A sessão em grupo conta com a presença de convidados que participam do processo. Ambas podem ser realizadas on-line com sucesso. 

Depois de 72 horas da constelação, faço uma checagem para saber como foram os primeiros dias e sobre o desejo ou não de agendar a conversa de retorno que é realizada na semana seguinte a constelação. Essa conversa não é obrigatória e muitas vezes não é necessária.

Constelações Organizacionais

As constelações organizacionais têm pouco mais de vinte anos. A prática foi criada por Gunthard Weber, derivada das Constelações Familiares de Bert Hellinger e pela linguagem transverbal das Constelações Estruturais do casal Matthias Vargas Von Kibed e Insa Sparrer. Nas organizações, temos um sistema social mais extenso do que nas constelações familiares, na verdade um "sistema de sistemas", em relação dinâmica e mutável, o que o torna mais complexo. Isso impõe desafios, mas também oportunidades para o indivíduo e para a coletividade.

Facilitação Sistêmica

A Facilitação Sistêmica é uma nova metodologia que permite gerar um ambiente de confiança e vínculo, dar-lhe intenções e sustentar suas qualidades para que o grupo possa explorá-las e descobrir a si próprio.Facilitadores sistêmicos são designers de ambientes relacionais nos quais o sistema expressa sua realidade menos óbvia. O facilitador é um profissional que desenvolveu uma série de habilidades e ferramentas para trabalhar com grupos ou equipes, com o objetivo de melhorar a colaboração entre as pessoas.

Grupo de Apoio Mútuo

Trata-se de um trabalho em grupo fechado de no mínimo 12 pessoas para construção de uma comunidade organizacional em Constelação Sistêmica. Todos são constelados e todos participam das Constelações uns dos outros. Podem ser pessoas de diferentes organizações. É realizado um encontro mensal durante seis meses. Os participantes não precisam ter conhecimento prévio sobre Constelações Sistêmicas.